cacais

About cacais

This author cacais has created 68 entries.

Amostras de sêmen usadas para a técnica de criopreservação

Criopreservação: o que é e como deve ser usada

A criopreservação de sêmen humano serve para garantir a fertilidade de homens que irão se submeter a procedimentos que possam torná-los inférteis. Veja como é possível armazenar os espermatozoides para usá-los futuramente na Reprodução Assistida.

Médico de clínica de reprodução humana com jaleco, de braços cruzados, com estetoscópio em uma das mãos.

Clínica de reprodução humana: como escolher?

A primeira etapa para quem decide ter um filho por meio de inseminação artificial é escolher uma clínica de reprodução humana que possua todos os quesitos esperados e necessários para diferentes tipos de tratamentos. E mais: que trate os pacientes com respeito, humanidade, ética, dedicação e total transparência.

Óvulos sendo fecundados pela Inseminação e fertilização

Inseminação e fertilização: qual é a diferença?

Inseminação e fertilização. Há prós e contras em cada um dos procedimentos usados para driblar a infertilidade do casal, por isso, ao lado de seu médico, é preciso entender e descobrir qual é a técnica mais indicada para você. Entenda qual é a diferença e quando optar por uma ou outra!

Mulher negra vestida com malha de tricô, deitada com as pernas apoiadas no alto.

Quando fazer a Inseminação Artificial ou Intrauterina?

A Inseminação Artificial ou Intrauterina é indicada para casais com fatores moderados e/ou leves de infertilidade conjugal. Geralmente é associado a uma oligospermia leve ou fatores ovulatórios corrigidos clinicamente ou quando o muco cervical se torna “hostil” aos espermatozoides. Mas é preciso que o homem possua uma quantidade mínima de espermatozoides no sêmen; já a mulher precisa ter ao menos uma tuba uterina sem qualquer alteração ou problema. Veja como é o procedimento e a recuperação nas primeiras horas.

Na fertilização in vitro, agulha injeta espermatozoide em óvulo.

Fertilização in vitro tem sucesso entre 45 a 55% dos casos

A Fertilização In Vitro (FIV) deixou de ser uma alternativa fora da realidade para quem deseja engravidar. Para os brasileiros, ela está mais acessível. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), entre o período de 2011 e 2016, o número de fertilizações no Brasil cresceu cerca de 150%. E continua aumentando.