Dúvidas após a FIV: o que a mulher pode (ou não) fazer

Depois de toda a preparação necessária para fazer a Fertilização in Vitro, FIV, finalmente chega o dia de ir para a clínica e realizar o procedimento. No entanto, depois de receber alta e voltar para a casa, é muito comum surgirem várias dúvidas sobre os cuidados após a FIV. Afinal, o que a mulher pode e não pode fazer após transferência de embriões?

Por mais que você tenha conversado com o seu médico e tirado todas as dúvidas em relação às precauções necessárias após fazer a Fertilização in Vitro, não se espante se, ao chegar em casa e deitar a cabeça no travesseiro, surgirem mais dúvidas. Isso é normal.

Afinal, toda a expectativa, a ansiedade, a insegurança e o desejo de que tudo dê certo acaba gerando estresse. Por isso, tente – realmente – relaxar e pensar positivamente! Lembre-se, sempre, de que o poder da mente é muuuuito maior do que podemos imaginar.

Ou seja, quanto mais pensamentos positivos você tiver, mais chances de alcançá-los. Confira, a seguir, as dúvidas mais comuns e os cuidados após a FIV.

1. Preciso fazer repouso?

Mulher deitada, de roupa íntima, em repouso, após a FIV, fertilização in Vitro
Em alguns casos, dependendo do problema específico de cada gestante, o médico recomenda alguns cuidados para aumentar as chances de sucesso da FIV

Descansar em um local confortável e agradável é uma excelente alternativa para controlar a ansiedade. Sem contar que ameniza algum desconforto que, às vezes, a estimulação ovariana provoca nas regiões do abdome e baixo ventre. Por isso, descanse e relaxe.

Segundo o Dr. Ricardo Luba, ginecologista e obstetra com ênfase em reprodução humana, apesar de não existir comprovações científicas de que a implantação do embrião no útero tenha relação com o repouso após a FIV, alguns médicos recomendam o repouso absoluto por dois dias.

2. Posso fazer exercícios físicos?

Essa é outra questão que depende do quadro clínico de cada paciente. No entanto, segundo o Dr. Ricardo Luba, “existe a possibilidade de o embrião se deslocar e não ser implantado no útero se a mulher fizer esforço excessivo, como atividades físicas ou mesmo carregar muito peso”.

Por isso, o ideal é não abusar no dia a dia e conversar, sempre, com o seu médico para estabelecer quando e quais exercícios físicos você pode fazer.

De maneira geral, as atividades de impacto, como musculação e corrida, não são recomendadas após a estimulação ovariana. No caso de caminhadas leves, alongamentos, hidroginásticas, natação, pilates e yoga, por exemplo, existem médicos que só liberam a partir das 12 semanas de gestação.

Assim, qualquer esforço físico – por mais brando e simples – só deve ser feito com a autorização do seu médico.

3. Posso manter relações sexuais normalmente?

O correto é só voltar à vida sexual após ter o resultado do exame de gravidez, que deve ser feito 12 dias após a FIV. Afinal, depois da fertilização do óvulo pelo espermatozoide, feita por um embriologista no laboratório, o médico faz a transferência do embrião para o útero materno. Assim, as relações sexuais devem ser evitadas, para que não haja contração uterina, que pode atrapalhar o processo de implantação.

4. Se eu tiver dor, posso tomar remédio?

A automedicação – em qualquer situação – é perigosa e, por isso, não deve ser feita. Em caso de dor ou desconforto, converse com o seu médico. Só ele pode receitar, com segurança, qualquer medicamento.

5. Preciso seguir alguma dieta específica?

Manter uma alimentação saudável, sempre, é a maneira mais correta para garantir mais saúde e bem-estar. Por isso, evite frituras, alimentos industrializados, embutidos e com muito sódio e açúcar, Além disso, evite cafeína ao máximo. O ideal é substituir o café por chás de hortelã e camomila, por exemplo; e doces por frutas. E lembre-se: não consuma bebidas alcoólicas e não fume!

6. Posso pintar o cabelo, fazer luzes ou progressiva?

Dentre as dúvidas após a FIV está o uso de produtos químicos para pintar os cabelos. E atenção: só é permitido durante a indução da ovulação, ou seja, antes da implantação dos embriões. Após o procedimento, nada de usar produtos ou técnicas que envolvam substâncias químicas. “É preciso aguardar a confirmação da gravidez.

Se for confirmada, não é permitido nenhum procedimento durante as 12 primeiras semanas. Após esse período, para as minhas pacientes, libero a pintura dos cabelos só com hena natural ou com tonalizantes. No caso da progressiva, não libero nem antes, durante ou depois”, explica Dr. Ricardo Luba.

Médico com jaleco tira dúvidas sobre repouso após a FIV*Consultoria
Dr. Ricardo Luba, ginecologista, obstetra e especialista em reprodução humana. Graduado pela Faculdade de Medicina ABC, com residência médica no Hospital Leonor de Barros e Fellowship em reprodução humana pelo IVI SP. CRM 113528
Site: www.ginecologialuba.com.br
Instagram @ginecologialuba

Veja também: O que reduz chances de sucesso da Fertilização in Vitro? e Cuidados após a Fertilização in Vitro (FIV)