Gravidez

O uso de pílula anticoncepcional por muitos anos pode causar infertilidade?

Você já ouviu falar que o uso da pílula contraceptiva por muitos anos causa infertilidade? Pois bem, essa afirmação é um mito! Em alguns casos, a pílula é capaz de mascarar problemas nos ovários, como, por exemplo, a dificuldade de ovulação. Assim, o diagnóstico será tardio, somente quando ocorre a suspensão dos hormônios. Quando não há o uso de contraceptivos orais, a menstruação irregular é o principal indício de que algo está fora do comum em

Aborto de repetição: duas mãos segurando um feto dentro do útero,

Na reprodução assistida, posso escolher o sexo do bebê?

São raros os casos em que a família decide descobrir o sexo do bebê apenas na hora do nascimento.  Atualmente, a maioria dos pais querem saber de antemão se será uma menina ou menino, seja para encomendar o enxoval ou até mesmo para sanar a curiosidade. Neste cenário, surge uma dúvida: na reprodução humana, é possível escolher o sexo do bebê? A resposta é sim!  É possível identificar o sexo do bebê por meio da

Mulher com gravidez tardia, sentada no campo, com mãos na barriga.

Fertilidade das mulheres após os 40 anos

Com o passar do tempo, as mulheres vão eliminando naturalmente seus óvulos. Aos 40 anos, apenas 1% deles estão disponíveis, diminuindo significativamente as possibilidades de uma gestação. Esse período coincide também com a chegada da menopausa que acontece geralmente, entre os 45 e 55 anos, sendo o estágio no qual a função ovariana deixa de existir. No entanto, algumas mulheres podem ainda ser acometidas antes dos 40 anos, caracterizando menopausa precoce. Para esses casos, as técnicas

Diabetes vs Infertilidade

A diabetes pode comprometer a fertilidade! Entenda os impactos da doença! Nas mulheres, quanto menor for a ação da insulina, maior a produção de hormônios masculinos, o que pode ocasionar alterações significativas nos ciclos menstruais e, em alguns casos, a mulher pode parar de ovular cronicamente. Já nos homens, ela pode alterar e reduzir os níveis de testosterona e, com isso, a fabricação e maturação das células reprodutoras sofrem interferências. Homens diabéticos também podem ter menor quantidade de espermatozoides no sêmen. No entanto,

Qual a relação da hipófise com a fertilidade?

Você sabe qual o papel da hipófise? Ela é uma importante glândula que fica na base do nosso cérebro e seu papel é de regulação de outras glândulas e hormônios. Dessa forma, alterações na hipófise podem levar a impactos na produção de espermatozoides e de óvulos. Mas quais são os sintomas de alteração na hipófise? A chamada disfunção hipofisária apresenta alguns sinais, como: – Anovulação (ausência de ovulação); – Amenorreia (ausência de menstruação); – Baixa libido; – Galactorreia (produção de leite fora da gestação); – Disfunção

Quais exames comprovam a dificuldade para engravidar?

Confira abaixo 10 exames para investigar a dificuldade de engravidar! Para elas… 1. Dosagem Hormonal Basal 2. Cariótipo 3. Ultrassonografia Transvaginal 4. Histerossalpingografia 5. Histerossonografia 6. Videolaparoscopia 7. Videohisteroscopia 8. Biópsia do Endométrio Para eles… 9. Espermograma 10. Ultrassonografia Testicular com Doppler Tem alguma dúvida sobre o assunto? ☎ Telefone: (11) 5052-1409 📱 WhatsApp: (11) 99312-1086

Como a alimentação influencia na fertilidade?

Como a alimentação ajuda na fertilidade feminina? Uma alimentação balanceada e rica em alimentos naturais faz bem à saúde e evita diversas doenças, mas, quando falamos sobre as tentativas de engravidar, ela deve ser levada mais a sério ainda! Isso porque ela pode influenciar inclusive negativamente nas chances de fertilização, sejam elas naturais ou por meio da reprodução humana assistida. O ideal é que ela seja rica em alimentos frescos e naturais, como frutas, verduras e legumes. Também é importante lembrar do que evitar,

Útero de substituição

O que é e como funciona o útero de substituição? O útero de substituição é um procedimento que pode ser usado em situações nas quais a pessoa que deseja ter um filho biológico não tenha condição física de gerar a criança. Sendo assim, o casal realiza a fertilização in vitro para formação de embriões e depois do processo, os embriões são transferidos para o útero de uma doadora temporária que irá gerar o bebê aos pais biológicos. Para quem é indicado o tratamento? O

Congelamento de óvulos é mais eficaz em mulheres de até 35 anos

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), o congelamento de óvulos é indicado para mulheres que desejam prorrogar a maternidade ou que necessitam de tratamentos em decorrência de problemas de saúde, como procedimentos cirúrgicos, radioterapia ou quimioterapia. O método preserva os óvulos que iriam degenerar caso não fossem conservados sob congelamento por meio das técnicas de reprodução assistida. Ainda segundo a SBRA, mulheres com idade abaixo dos 35 anos e com boa reserva de óvulos, têm maiores chances

Confira alguns aspectos que interferem na fertilidade e podem otimizar as chances de gravidez

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), a geração de um bebê nem sempre é resultado de relações sexuais. Ter um filho vai além dessa prática e, durante as tentativas, cerca de 15% dos casais descobrem que são inférteis. Vários são os fatores que influenciam na capacidade de concepção. Apesar de ser possível reverter o quadro da infertilidade por meio das técnicas de reprodução assistida, confira alguns aspectos que interferem na fertilidade e podem otimizar as chances

×