Saúde da Mulher

O uso de pílula anticoncepcional por muitos anos pode causar infertilidade?

Você já ouviu falar que o uso da pílula contraceptiva por muitos anos causa infertilidade? Pois bem, essa afirmação é um mito! Em alguns casos, a pílula é capaz de mascarar problemas nos ovários, como, por exemplo, a dificuldade de ovulação. Assim, o diagnóstico será tardio, somente quando ocorre a suspensão dos hormônios. Quando não há o uso de contraceptivos orais, a menstruação irregular é o principal indício de que algo está fora do comum em

Mulher com gravidez tardia, sentada no campo, com mãos na barriga.

Fertilidade das mulheres após os 40 anos

Com o passar do tempo, as mulheres vão eliminando naturalmente seus óvulos. Aos 40 anos, apenas 1% deles estão disponíveis, diminuindo significativamente as possibilidades de uma gestação. Esse período coincide também com a chegada da menopausa que acontece geralmente, entre os 45 e 55 anos, sendo o estágio no qual a função ovariana deixa de existir. No entanto, algumas mulheres podem ainda ser acometidas antes dos 40 anos, caracterizando menopausa precoce. Para esses casos, as técnicas

Biópsia embrionária: quando é indicada?

A biópsia embrionária (PGTa ou PGTm) é uma das técnicas empregadas no tratamento de Fertilização In Vitro (FIV) e permite que os médicos e embriologistas analisem os embriões em desenvolvimento no laboratório antes de serem inseridos no útero. O procedimento consiste em retirar algumas células do embrião, sem comprometer a sua qualidade. Esse processo é feito no estágio que chamamos de blastocisto, quando estamos no 5º ao 7º dia de desenvolvimento embrionário. O principal objetivo é identificar a existência de alguma doença

Papel do endométrio na fertilidade

Já se perguntou qual o papel do endométrio na fertilidade? A primeira coisa a se dizer é que um fator de grande influência na reprodução, é a receptividade endometrial. Isso porque o endométrio é uma das camadas do útero, a mais interna, e é o responsável por promover a fixação do embrião e dar início ao desenvolvimento do feto. Na reprodução assistida, mais especificamente na fertilização in vitro (FIV), existem meios de avaliar e identificar se o endométrio está adequado para receber os

Congelamento de óvulos é mais eficaz em mulheres de até 35 anos

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), o congelamento de óvulos é indicado para mulheres que desejam prorrogar a maternidade ou que necessitam de tratamentos em decorrência de problemas de saúde, como procedimentos cirúrgicos, radioterapia ou quimioterapia. O método preserva os óvulos que iriam degenerar caso não fossem conservados sob congelamento por meio das técnicas de reprodução assistida. Ainda segundo a SBRA, mulheres com idade abaixo dos 35 anos e com boa reserva de óvulos, têm maiores chances

Confira alguns aspectos que interferem na fertilidade e podem otimizar as chances de gravidez

De acordo com a Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), a geração de um bebê nem sempre é resultado de relações sexuais. Ter um filho vai além dessa prática e, durante as tentativas, cerca de 15% dos casais descobrem que são inférteis. Vários são os fatores que influenciam na capacidade de concepção. Apesar de ser possível reverter o quadro da infertilidade por meio das técnicas de reprodução assistida, confira alguns aspectos que interferem na fertilidade e podem otimizar as chances

Congelamento do tecido ovariano pode PRESERVAR A FERTILIDADE de pacientes oncológicos

Segundo a Sociedade Brasileira de Reprodução Assistida (SBRA), o futuro reprodutivo de mulheres que serão submetidas a tratamentos oncológicos, tem ganhado novas perspectivas com os avanços das técnicas de congelamento ou criopreservação do tecido ovariano. Muitas pacientes têm recorrido a estes métodos antes de começar o tratamento contra o câncer. ⠀ ⠀ Mas, afinal, como funciona a técnica do congelamento do tecido ovariano? A SBRA explica que o processo é rápido e se inicia com a realização de exames para avaliação da

INFERTILIDADE – Causas, diagnóstico e tratamento

A decisão de ter um filho (a) é um passo importante na vida de um casal. No entanto, a infertilidade pode adiar temporariamente esse sonho. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os casais que não usam métodos contraceptivos durante 12 meses e, ainda assim, não conseguem engravidar, podem ser inférteis. Ainda de acordo com a OMS, a infertilidade afeta de 50 a 80 milhões de pessoas em todo o mundo e, no Brasil, cerca de 8 milhões de indivíduos

Dia fértil da mulher: como descobrir?

Para fazer o cálculo e descobrir o período fértil, é preciso ter um ciclo menstrual regular, de 28 dias. Mulheres com ciclos irregulares – maior ou menor que 28 dias – devem fazer uma média dos ciclos menstruais para chegar a um cálculo mais correto.

×